ENSAIO MECÂNICO DO REFORÇO FEMORAL COM POLIMETILMETACRILATO EM FORMA DE X (ANÁLISE IN VITRO)

Anderson Freitas, VINCENZO GIORDANO NETO

Resumo


Objetivo: Avaliar o comportamento mecânico da extremidade proximal do fêmur submetido à técnica de reforço em forma de X, utilizando o polimetilmetracrilato (PMMA). Métodos: Foram utilizados 15 de fêmures sintéticos, com densidade de 10PCF da Nacional®, divididos em nos grupos DX, com 5 unidades, composto por modelos que foram submetidos ao reforço com PMMA e DP com 10 unidades, que foram avaliados com sua integridade intacta. Foram analisados, o volume de PMMA necessário para a formatação do reforço em X, os valores da carga máxima e a energia até a fratura do modelo, por meio de ensaio mecânico estático de flexão, simulando queda sobre o trocanter. Resultados: Foi utilizado uma média de 6 ml de PMMA para a formatação do reforço em X em cada modelo e observou-se, que o grupo DX apresentou carga máxima (mediana = 1553N; p = 0,005) e energia até fratura (mediana = 9,7J; p = 0,050) significativamente maior que o grupo DP (mediana = 905N e 6,6J). Conclusão: O reforço em X do extremo proximal de fêmures sintéticos apresentou um incremento da carga máxima e da energia no ensaio mecânico simulando queda sobre o trocanter maior, estatisticamente significativa, quando comparado ao um grupo controle.



Atha Comunicação e Editora Ltda Rua Machado Bittencourt, 190 conj. 410 CEP: 04044-903 Vila Clementino Tel.: 5579-5308/ 5087-9502