Tumor desmoide extra-abdominal: Análise de 23 casos consecutivos em uma única instituição.

Juan Pablo Zumárraga, Felipe Gonçalves dos Santos, André Mathias Baptista, Felipe Augusto Ribeiro Batista, Marcelo Tomio Kohara, Olavo Pires de Camargo

Resumo


Objetivo: O Tumor desmoide extra-abdominal (TDE) é um tumor raro, formado por uma proliferação de fibroblastos. Apesar de ser um tumor benigno, é localmente agressivo com comportamento clínico imprevisível. O objetivo desta pesquisa é apresentar os resultados clínicos obtidos nos pacientes com TDEs tratados cirurgicamente entre 1995 e 2016. Métodos: Trata-se de uma serie retrospectiva de 23 pacientes com diagnóstico anatomopatológico de TDE, tratados cirurgicamente no serviço de oncologia ortopédica do nosso hospital. A informação foi obtida dos relatos clínicos e patológicos do instituto. Resultados: Um total de 223 prontuários com relato anatomopatológico foi revisado. Apenas 23 casos de TDE foram incluídos no presente estudo. A média de idade foi de 22,5 anos. Doze (52,2%) casos se localizaram nos membros inferiores, sete (30,4%) casos nos membros superiores e quatro (17,4%) casos se localizaram no dorso. Cinco (21,7%) casos apresentaram tamanho <5cm e 18 (78,3%) casos apresentaram tamanho >5cm. O 100% dos pacientes receberam tratamento cirúrgico como terapia definitiva no instituto. Doze (52,2%) casos apresentaram margens livres (ML) e onze (47,8%) casos com margens comprometidas (MC). A recorrência local (RL) ocorreu em onze (47,8%) pacientes. Conclusão: O comprometimento da margem cirúrgica foi o único fator de prognóstico encontrado para a RL do TDE. Nível de Evidencia IV, Serie de Casos. Descritores: fibromatose agressiva, cirurgia oncológica, recidiva, margens de excisão, prognóstico



Atha Comunicação e Editora Ltda Rua Machado Bittencourt, 190 conj. 410 CEP: 04044-903 Vila Clementino Tel.: 5579-5308/ 5087-9502