Por uma Pedagogia Performativa: a Escola como entrelugar para professores-performers e estudantes-performers

Gilberto Icle, Mônica Torres Bonatto

Resumo


Este texto apresenta a possibilidade de pensar a performance em diferentes acepções, entre elas, aquelas que mostram a sua capacidade de desestabilizar a Escola e o que sabemos sobre ela. Descrevem-se três experiências com alunos da Educação Básica e, a partir delas, desdobram-se noções com o intuito de circunscrever uma pedagogia performativa: a Escola como entrelugar, em que se apresenta o conceito de liminar, e o professor-performer e o estudante-performer, que procura minimizar as hierarquias entre professor e aluno.



CADERNOS CEDES
Caixa postal 6022 – UNICAMP, 13084-971, Campinas (SP, Brasil). Fone: +55 19 3521-6833
cedeseditoria@zeppelini.com.br