COMPARAÇÃO ENTRE GLOBO NEGRO E CINZA SOB DIFERENTES RADIAÇÕES NA AVALIAÇÃO AMBIENTAL DE OVINOS

Dermeval Araujo Furtado, Luana de Fatima Damasceno dos Santos, Jose Wallace Barbosa do Nascimento, Fernanda Fernandes de Melo Lopes, José Henrique de Souza Costa

Resumo


objetivou-se realizar uma avaliação ambiental comparativa quanto à temperatura de globo cinza (TGC) e temperatura de globo negro (TGN), no ambiente térmico e de conforto para ovinos na região semiárida brasileira, utilizando-se reprodutores das raças Santa Inês e Dorper, distribuídos em dois piquetes, um exposto ao sol e outro sombreado, com 10 animais cada. O delineamento experimental foi inteiramente ao acaso, em esquema fatorial 2 x 2 (piquetes x globos) em 46 repetições (dias de avaliação). Observou-se acréscimo da TGN em relação a TGC no decorrer dos horários de avaliação, atingindo temperatura máxima (48,1 °C) às 13h no ambiente exposto ao sol, concomitantemente com elevação do índice de temperatura de globo negro e umidade - ITGU (96,7). Resultado distinto para TGC, com temperatura máxima de 37,6 °C e ITGU de 86,2 no mesmo ambiente. Independentemente do termômetro de globo, os valores de ITGU ultrapassaram o limite considerável confortável para ovinos. Em condições de sombreamento os termômetros apresentam registros aceitáveis, e em condições ensolaradas os registros obtidos no globo negro podem conduzir a uma superestimação das condições sentidas pelos animais.

Palavras-chave


absorção de calor, coloração da superfície, ITGU.



© 2013 Associaçao Brasileira de Engenharia Agrícola Via de Acesso Prof. Paulo Donato Castellane, km 5 FCAV/UNESP - Departamento de Engenharia Rural 14884.900 - Jaboticabal - SP Tel./Fax.: +55 16 3203 3341