Metodologia de superfície de resposta aplicada nos parâmetros de desempenho operacional do transplantio do café

João Paulo Barreto Cunha, Fabio Moreira da Silva, Ednilton Tavares Andrade, Murilo Machado Barros

Resumo


Nos últimos anos, a cafeicultura passou por grandes modificações, e no caso da operação de transplantio, a utilização de máquinas tem se mostrado uma alternativa viável aos produtores. O conhecimento prévio da influência das variáveis que influenciam na capacidade operacional dessas máquinas pode gerar modelos que permitam estimar de maneira precisa esses parâmetros, possibilitando assim a otimização e o gerenciamento das operações mecanizadas. Uma dessas ferramentas é o uso da metodologia de superfície de resposta, que permite verificar a influência de diferentes variáveis independentes e a resposta gerada permite alcançar um valor ótimo. O presente estudo teve como objetivos verificar a influência da velocidade e o comprimento da linha de plantio nos parâmetros de desempenho operacional do transplantio semimecanizado do cafeeiro, utilizando a metodologia de superfície de resposta. A metodologia de superfície de resposta mostrou-se uma importante ferramenta para verificar o efeito das variáveis nos parâmetros de desempenho, e os modelos gerados apresentaram alta significância.

Palavras-chave


Coffea Arabica , Mecanização, Modelagem, Plantio de mudas.



© 2013 Associaçao Brasileira de Engenharia Agrícola Via de Acesso Prof. Paulo Donato Castellane, km 5 FCAV/UNESP - Departamento de Engenharia Rural 14884.900 - Jaboticabal - SP Tel./Fax.: +55 16 3203 3341