Controle estatístico do processo aplicado ao monitoramento do índice de qualidade da água

Ketllin Zanella da Conceição, Marcio Antônio Vilas Boas, Silvio César Sampaio, Marcelo Bevilacqua Remor, Danilo Iani Bonaparte

Resumo


Analisar as características físico-químicas e biológicas permite a avaliação da qualidade das águas de um corpo hídrico. Desse modo, objetivou-se com esse trabalho determinar o índice de qualidade da água dos rios Passaúna e Piraquara, bem como aplicar metodologias de controle de qualidade estatístico para avaliar o monitoramento de qualidade da água. Portanto, para se realizar o desenvolvimento da pesquisa, foi utilizado um banco de dados com parâmetros físico-químicos e microbiológicos dos rios Passaúna e Piraquara, pertencentes às cidades de Araucária e Piraquara, respectivamente. O índice de qualidade da água foi determinado com a série temporal e, posteriormente, esses dados foram submetidos ao controle estatístico do processo, com os gráficos de controle de Shewhart individual, MMEP e CUSUM, além do desenvolvimento do índice de capacidade do processo. O IQA detectou que os rios mantiveram-se em qualidade média até o ano 2000, entretanto, a partir desse ano foi possível visualizar uma tendência decrescente na qualidade das águas dos rios avaliados. Os gráficos de controle de Shewhart, MMEP, CUSUM e o índice de capacidade do processo foram capazes de identificar a tendência decrescente na qualidade da água, demonstrando ser técnicas rápidas e eficientes para a avaliação do controle de qualidade de águas.

Palavras-chave


Índice de qualidade de água; gráficos de controle; capacidade do processo



© 2013 Associaçao Brasileira de Engenharia Agrícola Via de Acesso Prof. Paulo Donato Castellane, km 5 FCAV/UNESP - Departamento de Engenharia Rural 14884.900 - Jaboticabal - SP Tel./Fax.: +55 16 3203 3341