DISTRIBUIÇÃO DE GOTAS EM FUNÇÃO DO ESPAÇAMENTO ENTRELINHAS DO ALGODOEIRO E ÂNGULOS DE DESLOCAMENTO DO PULVERIZADOR

Izidro dos Santos de Lima Junior, Paulo Eduardo Degrande, Cristiano Marcio Alves de Oliveira, Antonio Luiz Viegas Neto

Resumo


Fatores de tecnologia de aplicação podem ser influenciados por modificações na arquitetura da planta, como altura e área foliar. O objetivo deste trabalho foi avaliar qual ângulo de deslocamento do pulverizador na aplicação de defensivos em relação ao sentido de semeadura do algodoeiro, cultivado nos sistemas ultra-adensado, adensado e convencional proporciona as melhores características de qualidade de aplicação nos diferentes terços da planta. O experimento foi instalado em parcelas sub-subdivididas com 4 repetições, no esquema fatorial 3 x 4, sendo 3 sistemas de cultivo do algodoeiro e 4 ângulos de deslocamento do pulverizador em relação a direção das linhas de semeadura. As características avaliadas foram: o diâmetro mediano volumétrico, densidade e cobertura de gotas, quantidade de gotas e área aberta nas entrelinhas sem a presença de folha. O terço superior apresentou os maiores valores de diâmetro médio volumétrico, quantidade de gotas, densidade de gotas e cobertura para todos os espaçamentos entrelinhas e ângulos de aplicação. O ângulo de deslocamento de 30° em relação a linha de semeadura apresentou os melhores resultados em relação a quantidade de gotas e densidade de gotas. O espaçamento de 0,90 m entrelinhas aumentou a quantidade de gotas, densidade de gotas, cobertura no terço inferior da planta.

Palavras-chave


tecnologia de aplicação, deposição de gotas, terço da planta.



© 2013 Associaçao Brasileira de Engenharia Agrícola Via de Acesso Prof. Paulo Donato Castellane, km 5 FCAV/UNESP - Departamento de Engenharia Rural 14884.900 - Jaboticabal - SP Tel./Fax.: +55 16 3203 3341