Impacto do Programa Bolsa Família sobre os padrões de consumo das famílias brasileiras

Mirian Aparecida Rocha, Leonardo Bornacki de Mattos, Helena Perrone, Alexandre Bragança Coelho

Resumo


O Programa Bolsa Família (PBF) é o principal programa de transferência de renda do Brasil erepresenta um incremento de renda nos domicílios, que alocam esses recursos entre diversas categorias de consumo. O objetivo desse trabalho foi identificar em que medida o PBF alterou o valor do dispêndio em cada categoria e as parcelas de dispêndio. Foram utilizadas as POFs de 2002-2003 e 2008-2009 e os métodos Propensity Score Matching, Diferenças em Diferenças e SeeminglyUnrelatedRegressions. Os resultados indicaram maior impacto do PBF sobre alimentação e habitação, tanto em termos absolutos como relativos. Contudo, o efeito sobre alimentação foi surpreendentemente negativo, enquanto o impacto sobre habitação foi positivo. Foi possível concluir que destinar renda preferencialmente às mulheres não afeta o consumo de fumo.Além disso, nos domicílios em que as mulheres têm total autonomia para alocar a renda do PBF, o impacto do acréscimo da renda foi maior.



Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas
Rua Pitágoras, s/n. CP 6135.
13083-857 - Campinas - SP - Brasil
Tel.: +55 19 3521-5726
Fax: +55 19 3521-0120