Gênero e Pobreza Multidimensional no município de Porto Alegre, Rio Grande do Sul

Izete Pengo Bagolin, Osmar Tomaz de Souza, Flavio V. Comim

Resumo


Este trabalho buscou reconhecer e dar visibilidade às múltiplas dimensões da pobreza, incluindo aí seus aspectos espaciais e as particularidades das desigualdades de gênero da mesma em Porto Alegre. Para isso, foram apresentados os resultados desagregados de uma pesquisa conduzida conjuntamente por duas Universidades e a Prefeitura Municipal de Porto Alegre no ano de 2007. Na pesquisa, foram entrevistadas 16386 pessoas vivendo em situação de pobreza nas diferentes regiões da cidade. Buscou-se uma mudança de enfoque na análise sobre pobreza ao enfatizar o peso das dimensões que as pessoas consideram relevante para uma vida “digna de ser vivida”. Os resultados evidenciaram as diferenças regionais das carências, as dimensões mais importantes para as pessoas e, em especial, as formas como homens e mulheres vivenciam e manifestam suas percepções acerca da pobreza e das privações.



Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas
Rua Pitágoras, s/n. CP 6135.
13083-857 - Campinas - SP - Brasil
Tel.: +55 19 3521-5726
Fax: +55 19 3521-0120