Internacionalização da Educação Superior no Brasil: a produção recente em teses e dissertações

Lorena Machado do Nascimento, Marília Costa Morosini

Resumo


A internacionalização é inerente ao ente universidade, contudo a partir do final do século passado que a produção sobre o tema vem se expandindo e passa a abarcar não só a ciência, mas a educação superior de forma geral. Este texto objetiva analisar a produção sobre internacionalização da educação superior em teses e dissertações, produzidas no Brasil, entre 2011 a 2014. A metodologia utiliza princípios de estado de conhecimento e tem como fonte principal o banco de teses da CAPES. Os resultados apontam para a complexidade e ambiguidade do conceito de internacionalização da educação superior e para uma pequena produção, em programas de diferentes áreas de conhecimento, principalmente, ciências humanas e ciências sociais aplicadas, distribuída, de forma quase similar, entre as dimensões: global/regional, nacional e institucional. Merece destaque a discussão das categorias temáticas de entendimento da produção sobre internacionalização da educação superior, na perspectiva de jovens pesquisadores no Brasil


Palavras-chave


Internacionalização da Educação Superior; Estado de Conhecimento; Teses e dissertações; Brasil.