Em torno da diferença: uma confrontação entre Adorno e Deleuze

Sinésio Ferraz Bueno

Resumo


No campo da filosofia da educação há duas importantes e radicalmente distintas possibilidades de abordagem do tema da diferença. Uma é a do pensamento de Adorno, que pensa a diferença sob o ponto de vista da dialética negativa, implicando uma crítica interna das estruturas da razão. Essa crítica visa induzir processos de autoreflexão sobre os elementos corrosivos da racionalidade, que potencializam a regressão à barbárie. Outra, é a do pensamento de Deleuze, que supõe uma crítica externa à razão, em particular às pretensões universalistas da identidade. Este artigo tem o objetivo de comparar e problematizar as duas críticas, e apontar os riscos e tendências irracionalistas da crítica de Deleuze, em seus objetivos antifundacionalistas dirigidas a conceitos fundamentais da filosofia ocidental.

Palavras-chave


Teoria Crítica; Adorno; dialética