Relações entre formação inicial e formação continuada de professores: a importância das licenciaturas e a constituição de pequenos grupos de pesquisas nas escolas como associações livres

Nataly Carvalho Lopes

Resumo


Neste trabalho, buscamos desenvolver alguns aspectos da pesquisa realizada no âmbito de um doutorado, o qual se debruçou sobre o acompanhamento de um grupo de professores no que denominamos Pequenos Grupos de Pesquisa – PGP em escolas públicas de educação básica. Este acompanhamento propiciou elementos que foram interpretados de acordo com a teoria da ação comunicativa de Jürgen Habermas, o que possibilitou a compreensão de um modelo de formação baseado na ação comunicativa. A pesquisa participante se configurou em um processo colaborativo da interação universidade-escola que propiciou a formação e as transformações em ambas as esferas. Desta propostas, resultaram relações entre os agentes da universidade e da escola que foram realmente homogêneas. Pudemos inferir que os processos de interação, que se propõem formativos e investigativos, devem passar por momentos de problematização, agir comunicativo e consenso.


Palavras-chave


ação comunicativa, PGP, pesquisa participante