Trabalho docente no município de Natal: Perfil e Risco Psicossocial

Letícia Raboud M. de Andrade, Jorge Tarcísio Da Rocha Falcão

Resumo


A precarização do trabalho docente no cenário contraditório da educação brasileira pode levar ao adoecimento. Diante disto, a presente pesquisa buscou identificar condições e percepções da atividade docente, dimensões psicossociais e risco psicossocial do trabalho de professores do 1º ao 5º ano de Natal-RN. Utilizou-se questionário sócio-profissional e instrumento de avaliação do ambiente psicossocial laboral. Constatou-se risco psicossocial para a atividade docente avaliada associado à variável solidão no trabalho. Tais dados sugerem a necessidade de dispor/criar recursos que valorizem o coletivo no enfrentamento dos desafios, além da luta por melhores condições de trabalho.
Palavras-chave: Professores. Condições de trabalho. Risco psicossocial.



EDUCAÇÃO & SOCIEDADE: revista de Ciências da Educação
Av. Berttrand Russel n°801 - Fac. de Educação - Anexo II 1° andar - sala 2 - Campinas, SP, Brasil - Cep. 13083 - 865, Fone/fax: + 55 19 3521-6710/6708 cedeseditoria@zeppelini.com.br