Inclusão Escolar no Distrito Federal: Concepções Sobre o Surdo e a Surdez

Carine Mendes da Silva, Rosa Monteiro, Danielle Sousa da Silva, Daniele Nunes Henrique Silva

Resumo


A inclusão educacional de surdos tem sido frequentemente debatida, especialmente, pela condição bilíngue e bicultural dos alunos, que exige práticas diferenciadas de ensino que partem da Libras. O objetivo do estudo foi entender o que os profissionais da escola dizem sobre o papel dessa língua. Participaram: a diretora, o supervisor pedagógico, a coordenadora de linguagens e códigos, a coordenadora de humanas, o coordenador de exatas, o professor de português como segunda língua, a professora da sala de recursos e a intérprete de Libras. O trabalho de campo foi realizado em uma escola de ensino médio da rede pública, do Distrito Federal, através de entrevistas semiestruturadas. Das análises depreendeu-se um eixo intitulado: a) a concepção dos profissionais sobre o surdo e a surdez. As bases conclusivas do estudo apontam que há uma lacuna na formação profissional dos educadores no que tange as especificidades dos alunos.

Inclusão Escolar no Distrito Federal: Concepções Sobre o Surdo e a Surdez


Palavras-chave


Inclusão; Bilinguismo; Surdos; Educadores.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.