A rua como palco: arte e (in)visibilidade social

Lucas Delfin, Lara Aparecida Machado de Almeida, Jaquelina Maria Imbrizi

Resumo


O fenômeno da população em situação de rua e sua (in)visibilidade é uma construção social composta por processos que se cruzam e se intensificam mais ou menos em determinados momentos históricos. Este artigo objetiva apresentar a pesquisa de iniciação científica, fomentada pela FAPESP, que investigou os entrecruzamentos entre as artes e os regimes de visibilidade entre 2014 e 2015 na cidade de Santos (SP). Seguimos algumas pistas do método da cartografia em diversas frentes investigativas, sendo as principais a análise de experiências, a revisão bibliográfica, entrevistas com moradores de rua que participaram de oficinas teatrais e com atores de rua. Entendemos arte não somente como objeto de estudo, mas como instrumento de pesquisa e de aproximação entre pessoas, posto que ela pode auxiliar na apreensão e na produção de outras convivências na cidade, garantindo também a expressão das vozes da rua.

Palavras-chave


sem-teto; artes; teatro; processos sociais.

Texto completo:

PDF


Associação Brasileira de Psicologia Social www.abrapso.org.br