A EXPERIÊNCIA FENOMENOLÓGICA E O TRABALHO EM GRUPO NA SAÚDE MENTAL

Rita Martins Godoy Rocha, Cármen Lúcia Cardoso

Resumo


A experiência como conceito fenomenológico inspira a estruturação de trabalhos na saúde atentos a intersubjetividade e ao protagonismo. O objetivo do estudo foi compreender o potencial terapêutico da experiência vivida em uma prática em grupo de promoção à saúde mental, que se singulariza por ter a finalidade de atenção à experiência cotidiana. O corpus estudado formou-se pela observação participante por dois anos e seis meses e por nove entrevistas abertas em profundidade com participantes do grupo, fundamentando-se no referencial teórico metodológico da Fenomenologia. A pesquisa analisou como os participantes compreendem a proposta de atenção à experiência e disposição do coordenador no processo grupal, bem como a valorização da condição existencial em detrimento da doença. Essa sistematização pôde favorecer com um eixo terapêutico em saúde mental diferente das intervenções hermenêuticas e educativas clássicas, colaborando com alternativas de cuidado em saúde e comunidade via atenção à experiência.

Palavras-chave


Saúde Mental; Fenomenologia; Grupo; Experiência

Texto completo:

PDF


Associação Brasileira de Psicologia Social www.abrapso.org.br