Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outro periódico; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • Os arquivos dos gráficos e figuras, em formato excel, estão incluídos.

  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço simples; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  • Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.

     

  • O título do artigo deve ser em portugues e ingles, assim como o resumo, e as palavras chave, e deve ser informada a classificação JEL.
  • Em arquivo separado deve ser enviada uma página onde apareçam: nome do artigo (português e inglês), nome do(s) autor(es), filiação acadêmica e endereços de contato (além do email).

Diretrizes para Autores

http://www.rep.org.br ou www.scielo.br

1. A Revista Brasileira de Economia Política publica artigos ou papers, pequenos papers, artigos-resenha, notas e comentários, bem como os documentos que estão em conformidade com a sua política editorial. A Revista não solicita trabalhos, mas apenas publica artigos que estão dentro de sua área de interesse. Se o trabalho é aceito neste primeiro exame, deverá ser avaliado por pares e, uma vez aprovado, será publicado, basicamente, de acordo com a ordem de aprovação pelo Conselho.

2. Os trabalhos devem conter argumentação econômica razoavelmente original e competente referência à literatura sobre o tema. Os trabalhos que deixarem de mencionar autores brasileiros ou latino-americanos com trabalhos relevantes na discussão do assunto não serão aceitos. Papers com modelos matemáticos complexos decorrentes do uso do método hipotético-dedutivo não interessam à Revista.

3. A Revista publica trabalhos originais, em português ou, preferencialmente, em inglês. A submissão de um trabalho implica que não tenha sido previamente publicado ou que se encontra em processo de submissão em outra publicação. Entretanto, é permitida a publicação simultânea na Revista e em outra publicação desde que em  idiomas diferentes

4. Uma vez que um artigo em português tenha sido aprovado para publicação, o autor terá a opção de traduzi-lo para o inglês. As duas versões serão publicadas. A versão em inglês aparecerá na versão impressa da Revista, e a versão em português aparecerá apenas na versão digital da revista.

5. Os papers não devem exceder 52.000 caracteres com espaço, incluindo referências, tabelas, gráficos e notas de rodapé. O título dos papers deve ser conciso. Devem conter um abstract com no máximo 100 palavras, palavras-chave, classificação JEL, e uma chamada sobre o artigo de no máximo 20 palavras, também em inglês. Os artigos-resenha podem chegar a 62.000 caracteres, considerados os espaços. As tabelas devem vir em formato Word, devem ser pequenas (apenas os números essenciais) e em número limitado. Limitado também deve ser o número de gráficos. A Revista não aceitará artigos que não atendam esses requisitos.

6. Papers econométricos relacionando determinados resultados a determinadas causas serão aceitos, mas, a não ser que contenham adicionalmente desenvolvimento de teoria original, deverão ser enviados em duas versões: uma, para ser publicada na edição impressa, com  no máximo 30.000 caracteres; apenas a questão ou questões propostas e as conclusões econométricas devem constar dessa versão. A segunda versão, para publicação na edição digital, deverá se completa, com os detalhes sobre o método empregado, os quadros econométricos e os dados usados nas análises documentados de maneira precisa; deve ainda informar a versão do software e as rotinas utilizadas. Detalhes dos cálculos devem ser suficientes para permitir replicação por outros pesquisadores.

7. Os artigos-resenha consistem em revisão bibliográfica razoavelmente completa e atualizada sobre determinado assunto. Os pequenos papers não devem exceder 10 páginas, devem ser sucintos, e conter modelo teórico. Ambos são especialmente bem vindos e terão prioridade na publicação. Comentários são análises críticas de artigos publicados na Revista; se forem aceitos, o autor do paper comentado terá direito a uma réplica no mesmo número; tanto o comentário quanto a resposta não poderá ultrapassar 15.000 caracteres.

8. Os trabalhos citados poderão ser identificados no texto ou em nota de rodapé. Quando o texto citado não é o da edição original, a data do texto original deve aparecer no texto do trabalho, enquanto que na sua referência se repete essa data, dentro do parêntese, e, em seguida, entre colchetes se coloca a data da edição utilizada. Nas citações de frases deve haver sempre a indicação da página, nas citações e referências de artigos em revistas deve sempre aparecer o volume, o número, e a página inicial e final do artigo. No final do artigo a referência deve se limitar aos trabalhos citados e deve obedecer o seguinte formato:

Marx, Karl (1867 [1968]) O Capital – Livro I. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira.

Rangel, Ignácio M. (1981) “A história da dualidade brasileira”, Revista de Economia Política, 1(4): 5-34.

9. Os artigos serão submetidos aos pareceristas do Conselho Editorial desde que atendam aos requisitos acima e tratem de tema previsto na Orientação Editorial.

10. A submissão de um trabalho implica na sua autorização para publicação na Revista. 

Artigos

A Revista de Economia Política vê a teoria econômica em termos clássicos, como economia política. São bem vindos trabalhos com abordagem keynesiana, estruturalista, ou institucionalista. A Revista publica trabalhos teóricos sobre economia do desenvolvimento e macroeconomia que adotem o método histórico-dedutivo, assim como papers fazendo a crítica da teoria econômica. A Revista também publica trabalhos aplicados que contenham pesquisa relevante, dando prioridade aos trabalhos sobre países em desenvolvimento.  Nas revisões de literatura os autores brasileiros e latino-americanos relevantes não devem ser deixados de lado. No caso de estudos econométricos, os aspectos técnicos serão publicados apenas na edição eletrônica da Revista.

Ao aceitar a submissão a Revista adota como critério adicional a abrangência do trabalho e seu interesse em publicá-lo.

Artigo-Resenha

Os artigos-resenha consistem numa resenha bibliográfica atualizada e razoavelmente completa sobre um determinado tema. Os artigos-resenha são especialmente bem vindos e terão prioridade na publicação.

Comentários

Os comentários são analises criticas de artigos publicados na Revista. Se aceitos, o autor que tiver seu artigo comentado terá direito a uma replica na mesma edição.

Pequenos Artigos

Os pequenos artigos não devem exceder 10 páginas, devem ser sucintos, e conter modelo teórico. São especialmente bem vindos e terão prioridade na publicação.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados neste periódico serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.